VACINA HPV PREVINE CONTRA DIVERSOS TIPOS DE CÂNCER

Com o foco na prevenção – e não na doença, o Ministério da Saúde lançou nessa semana, a campanha de vacinação contra meningite e HPV (Papiloma Vírus Humano) em jovens e adolescentes, que incluem meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos. Para a vacina meningite C, a idade é de 11 a 14 anos de idade.

VACINA HPV PREVINE CONTRA DIVERSOS TIPOS DE CÂNCER

No Brasil, são estimados 16 mil casos de câncer de colo do útero por ano e 5 mil óbitos de mulheres em decorrência da doença. Nos homens, mais de 90% dos casos de câncer anal e 63% dos cânceres de pênis são atribuíveis à infecção pelo HPV.

O HPV é transmitido pelo contato direto com pele ou mucosas infectadas por meio de relação sexual. Também pode ser transmitido de mãe para filho no momento do parto.

Desde 2014, início da vacinação para o HPV no SUS, foram distribuídas 32,9 milhões de doses das vacinas. Para este ano, foram adquiridas 14 milhões de doses. É valido lembrar, que para que a cobertura vacinal seja eficaz, é necessário tomar duas doses, com intervalo de seis meses entre elas. A vacina disponibilizada é a quadrivalente, que oferece proteção contra quatro subtipos do vírus HPV (6, 11, 16 e 18), com 98% de eficácia para quem segue corretamente o esquema vacinal.

MENINGOCÓCICA C EM ADOLESCENTES

A meningite C é o subtipo mais frequente da doença, e representa cerca de 60% a 70% dos casos de meningite. Ela é considerada grave e de rápida evolução.

Comumente, essa imunização era oferecida apenas para crianças aos 3, 5 e 12 meses de idade, porém, segundo o Ministério da Saúde, dados recentes enfatizam a necessidade da vacinação de adolescentes, com o intuito de reduzir o número de portadores da bactéria em nasofaringe.

Nas pesquisas, foi constatada a ausência de anticorpos protetores poucos anos após a vacinação de lactentes e crianças mais novas. A vacinação de adolescentes proporcionará proteção direta impedindo o deslocamento do risco de doença para esses grupos etários.

Desde o ano passado, já foram vacinados 32% do público-alvo, restando ainda 10 milhões de adolescentes, de acordo com a pasta. Para este ano, foram adquiridas 15 milhões de doses da vacina contra meningite. Além de proporcionar proteção, a ampliação alcançará o efeito da imunidade de rebanho, ou seja, a proteção indireta das pessoas não vacinadas.

O esquema vacinal para esse público será de um reforço ou uma dose única, conforme a situação vacinal. Devem se vacinar, jovens entre 11 e 14 anos.

As vacinas contra o HPV e a meningocócica C fazem parte do calendário de rotina disponível nas unidades do SUS, durante todo o ano.

Fechar Menu
Contato via WhatsApp